842

Pra não dizer que não falei das flores: Cuba

No último dia 10/01 publiquei um texto no qual falei de capitalismo, pseudo-socialismo e consumismo. Neste texto cito Cuba como exemplo de nação pseudo-socialista, leia um trecho do texto abaixo:

Os países que se consideram socialistas tendem a ser repressores de ações populares, contra a liberdade de imprensa. Onde está o social nisso tudo? Alguns propagandeiam uma falsa boa condição de vida de seus cidadãos, com bons sistemas de saúde e educação, quando na verdade falta até comida em seus pratos.

Desde a publicação deste texto, me senti no dever de esclarecer alguns pontos do grande problema que Cuba enfrenta, então vamos lá.

Cuba sofreu com a ditadura imposta por Fulgencio Batista, que foi deposto pelo Movimento 26 de Julho, liderado por Fidel Castro, em 1959. A qualidade de vida na ilha era realmente alta enquanto a União Soviética estava de pé, financiando a revolução.

Desde aquela época Cuba já sofria sanções econômicas dos EUA, mas as sanções não atingiam de forma tão forte a pequena ilha, que conseguia manter altos índices de qualidade de vida à seus cidadãos. Porém, depois da queda da URSS, quando o país ficou sem seu financiador maior, a economia cubana veio se estagnando, ano após ano, ainda vítima das duras sanções até hoje impostas pelo governo estadunidense, de forma que a qualidade de vida de sua população também se declinou.

Fazem alguns anos que a economia cubana se abre lentamente às nações capitalistas, depois de muitos anos da repressão econômica que Obama prometeu encerrar, mas que não cumpriu.

É fácil culpar o governo de Havana pelas condições de vida da maior parcela de sua população, quando na verdade isso é um reflexo das sanções que atingem diretamente a população castrista.

Mesmo com os embargos, Cuba ainda consegue manter por exemplo os 0,2% da taxa de analfabetos, contra os 11,7% da média latino americana. Há um lado bom neste país, mas há muito o que melhorar, e infelizmente Cuba depende das nações capitalistas para isso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s